Secretario de Obras Clodoaldo desmoraliza administração de Olizandro e joga na lama restante do secretariado

cloposse_secretarios12

Foto Carlos Poly/PMA

Após acusações feitas pelo vereador licenciado e Secretario de Obras Clodoaldo Pinto Jr contra os demais secretários municipais e assessores, um clima de indignação tomou conta dos auxiliares do prefeito Olizandro.

Olizandro tem avaliado a situação mais nenhuma atitude tomou até o momento e Clodoaldo nos bastidores continua com os ataques contra o governo municipal. A atual administração já está desmoralizada e sem apoio popular, com as acusações que partem de dentro do grupo do prefeito a situação se agrava ainda mais, percebesse que o prefeito não tem força de reação e se deixa levar pelas circunstâncias que não nada boas.  

Ao Clodoaldo acusar de maneira veemente o conjunto da administração, expondo a incompetência e incapacidade do atual governo, ficou evidente que este mandato já acabou administrativamente. Olizandro por sua vez está de mãos atadas e tem medo de reagir as acusações de Clodoaldo e prefere contemporizar com o Secretário de Obras, segundo informações Clodolado teria farto material contra Olizandro e o prefeito está com medo de pagar pra ver.

Hoje Olizandro irá reunir a equipe e já pela manhã terá um bate papo no quarto andar com os vereadores, pretende  propor algumas alterações administrativas e também avaliar a situação politica. 

Pelas proposições que o prefeito irá expor, nada mudará ou melhor irá piorar a situação administrativa e politica na cidade.

Uma coisa é certa! Clodoaldo colocou no bolso todo o governo e deixou todos acuados. Olizandro está contra a parede e não sabe como resolver a situação de desmoralização total.

Aguardemos o que Olizandro irá fazer ou não irá fazer.

Postado 23 abr 2014
, por

Greve deve deixar alunos da rede estadual sem aulas a partir desta quarta

Professores cruzam os braços em greve por tempo indeterminado por descumprimento de compromissos assumidos pelo governo. Seed defende que pauta “vem sendo honrada”

appOs professores da rede pública estadual de ensino começam nesta quarta-feira (23) uma greve por tempo indeterminado em todo o Paraná. A previsão do sindicato que representa a categoria é que as cerca de 2,1 mil escolas tenham o funcionamento afetado pelo movimento e que a maior parte delas fique sem aulas. A Secretaria Estadual de Educação (Seed), no entanto, determinou que “as escolas estaduais do Paraná deverão ficar abertas para receber os alunos.”

No caso de não haver aulas, a orientação da Seed aos pais é para que procurem os diretores das escolas para saber quando serão repostas as aulas. O órgão esclareceu, em nota, que para que as horas-aula sejam contabilizadas como cumpridas – tanto pelos alunos quanto pelos professores –, é necessário haver “condições de trabalhar de forma habitual, com presença de qualquer número de alunos.”

A presidente do Sindicato dos Professores do Paraná (APP Sindicato), Marlei Fernandes de Carvalho, disse que nesta quarta-feira (23) cada cidade terá manifestações próprias. Apenas em Curitiba haverá concentração de professores da capital e da RMC no Centro Cívico, em um ato público que deve começar às 10 horas. “Na semana que vem vamos trazer a categoria para uma grande marcha aqui em Curitiba”, promete. Marlei antecipou que a programação do movimento foi feita com a possibilidade de se estender por semanas, “se for necessário.”

A sindicalista diz que o fator de maior peso na hora de os professores aprovarem a greve em assembleia foi o descumprimento pelo governo do estado de compromissos assumidos nas negociações no fim do ano passado. “Na nossa opinião, o governo interrompeu o processo de negociação e ele fornece explicações que não são as mesmas explicações que nós constatamos.” Como exemplo do descontentamento a dirigente cita a não implementação da hora-atividade de 33% (tempo para professor preparar aulas e se dedicar a outras atividades ligadas à docência) e a inexistência de plano de saúde para a categoria.

Em nota, a Seed divulgou uma lista de quatro grandes pautas de negociação, envolvendo hora-atividade, salário, pagamento de promoções e concurso público. Em cada segmento há a previsão do impacto nos cofres públicos para a implementação da medida e o prazo de implementação (leia a nota na íntegra). Não é citada no documento a questão dos planos de saúde. O governo rebate a reivindicação dos professores de que prazos não foram cumpridos, defendendo que o que não foi honrado está em fase de implementação ou tem prazo para ser executado.

A pauta dos professores é apresentada com uma divisão diferente, com oito grandes temas: salário, saúde e condições de trabalho, benefícios a funcionários da educação, benefícios de professores, reformulação de carreira, contratos temporários, direito a organização sindical e aspectos pedagógicos. No posicionamento da Seed, parte desses temas não foi mencionada. A assessoria da secretaria informou que o posicionamento do órgão seria feito apenas pelas notas que foram divulgadas.

Via: Gazeta do Povo

Postado 22 abr 2014
, por

SIFAR: Secretaria de Obras precisa de obras

1

2

Postado 22 abr 2014
, por

Requião prevê desistência de Gleisi na corrida pelo governo do Paraná

Para Requião, a cada nova rodada de pesquisa sobre a corrida presidencial, a senadora Gleisi Hoffmann se “enfraquece” e fica menos candidata ao governo do Paraná devido ao sofrível desempenho de Dilma; senador diz que “inevitabilidade” da candidatura própria do PMDB também acelera “desistência” da senadora do PT; parlamentar peemedebista, que luta por uma quarta temporada no Palácio Iguaçu, vê polarização da disputa com o tucano Beto Richa.

requião 1

O senador Roberto Requião (PMDB) previu ao Blog do Esmael que sua colega de parlamento, Gleisi Hoffmann (PT), desistirá da disputa pelo Palácio Iguaçu.

Para o peemedebista, os baixos índices de aprovação do governo Dilma Rousseff estão inviabilizando a candidatura da senadora petista. Também estaria contribuindo para a “desistência”, ainda de acordo com o parlamentar, a inevitabilidade da candidatura própria do PMDB.

Requião afirma que a reorientação dos tucanos, que agora o atacam dia e noite, confirma essa tese de “polarização” entre ele e o governador Beto Richa (PSDB).

Via: Blog do Esmael

Postado 22 abr 2014
, por

Petrobras recusou revenda de 50% de Pasadena, diz jornal

Grupo belga Astra, de quem a empresa brasileira comprou metade da refinaria, sugeriu à presidência recomprar tal parte

pasadena

Sócios da refinaria de Pasadena tentaram reaver 50% da empresa e a Petrobras recusou. Segundo o jornal “Folha de S. Paulo”, o grupo belga Astra, de quem a Petrobras comprou metade da Pasadena em 2006 por US$ 360 milhões, sugeriu à presidência recomprar tal parte. A informação consta de depoimentos dados por executivos da Astra à Associação Americana de Arbitragem, que julgou a disputa entre as sócias entre 2008 e 2012.

Segundo o jornal, em setembro de 2007, o presidente do Conselho de Administração da Astra Transcor, Gilles Samyn, reuniu-se com o então presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, e Nestor Cerveró, diretor internacional da Petrobras na Dinamarca. No encontro, Samyn disse ter refeito a oferta para comprar os 50% da refinaria. Com resposta, ouviu que receberia, até o fim daquele mês, “uma firme oferta para comprar da Astra o resto da refinaria.

A polêmica compra da refinaria de Pasadena, no Texas (EUA), já afeta a imagem da Petrobras no mercado, segundo analistas do setor. A declaração da presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, em audiência pública no Senado, na semana passada de que a compra da refinaria foi um mau negócio, corrobora as opiniões de especialistas.

Via: Gazeta do povo

Postado 22 abr 2014
, por

Secretario de Segurança Joval lamenta ter que debater segurança com a comunidade! Diz ser um ônus do cargo

joval onus

O Secretario de Segurança Pública de Araucária José Joval Conceição publicou em sua pagina no Facebook que deveria se preparar para uma reunião no Jardins Ypês, considerando ser um ônus da função ir em tal reunião com a comunidade e demonstrou que foi com muito descontentamento. Como diz o secretario…”Fazer o que?”…”ônus da função”…

Em comentário abaixo o senhor Luiz Ludovico diz que é para o secretario ficar tranquilo, pois um longo feriado viria, dando um alento ao senhor Joval.

Parece que os secretários do governo Olizandro e Rui não estão muito animados em trabalhar pela comunidade, exercem a função com o peso da responsabilidade que assumiram e não tem o compromisso público que a função exige. E enquanto isso Olizandro continua inerte.

Postado 22 abr 2014
, por

Conselho começa a definir futuro de Vargas

Durante o final de semana, deputado petista voltou a falar em renunciar ao mandato

pf 2

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados se reúne, hoje para votar parecer preliminar do deputado Júlio Delgado (PSB-MG) na representação por quebra de decoro contra o deputado licenciado André Vargas (PT). O petista, por sua vez, teria voltado a falar, no final de semana, a integrantes de seu partido, que pode renunciar ao mandato. Na semana passada, Vargas chegou a anunciar que renunciaria, mas depois voltou atrás, adiando a decisão. 

O deputado foi forçado a deixar a vice-presidência da Câmara depois que vieram à tona suas ligações com o doleiro Alberto Youssef, preso na operação Lava Jato da Polícia Federal sob acusação de liderar um esquema de lavagem de dinheiro que movimentou R$ 10 bilhões. A ala majoritária da bancada do PT na Câmara decidiu indicar o nome do deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), ex-ministro das Relações Institucionais e da Pesca, para suceder Vargas no cargo. 

Júlio Delgado já adiantou que seu parecer será pela admissibilidade do processo. A representação do PSDB, DEM e PPS pede a investigação das denúncias de envolvimento de André Vargas com o doleiro. Se for aprovado o parecer preliminar, Vargas será notificado e, só aí, começa a contar o prazo de 10 dias para a entrega da sua defesa escrita. Neste documento, ele vai sustentar seus argumentos, apresentar provas e indicar testemunhas de defesa, no número máximo de oito.

Durante o fim de semana, Vargas comunicou a dirigentes petistas que estaria novamente disposto a renunciar também ao mandato de deputado. Ele havia anunciado que renunciaria na semana passada, mas voltou atrás depois de uma conversa com advogados, e decidiu permanecer no cargo.

Como é alvo de um processo no Conselho de Ética da Câmara, mesmo que renuncie, o petista pode ser cassado e ter os direitos políticos suspensos. Em conversas com dirigentes petistas durante o feriado prolongado, o deputado afirmou que vai renunciar ao mandato até hoje, mas a direção do partido só dará o caso por encerrado quando a decisão for oficializada. 

Se renunciar, Vargas passa a ser um filiado comum do PT e deixa de ser objeto da Comissão de Ética nacional. Na semana passada uma comissão de três dirigentes ouviu suas alegações e fez um relatório recomendando que o caso do deputado seja apreciado pela Comissão de Ética, que pode indicar sua expulsão do partido. Vargas vem sendo pressionado a renunciar por termor do partido de que o caso acabe prejudicando a campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff, e a pré-candidatura da senadora Gleisi Hoffmann (PT) ao governo do Paraná. 

Decoro
André Vargas admitiu ter usado um jatinho fretado por Alberto Youssef para uma viagem à João Pessoa (PB), em janeiro. Inicialmente ele negou ter envolvimento com negócios de interesse de empresas ligadas ao doleiro junto ao governo federal. Depois, admitiu ter orientado Youssef e diretores da empresa Labogen a como proceder para conseguir contratos com o Ministério da Saúde. As investigações da PF apontam que a empresa teria sido usada pelo doleiro para movimentar US$ 37 milhões, e havia conseguido um contrato de R$ 31 milhões com o Ministério da Saúde.

Passos do processo
CConselho de Ética da Câmara vota hoje a admissibilidade ou não de processo por quebra de decoro parlamentar contra o deputado André Vargas (PT)
CAdmitido o processo, será aberto prazo de dez dias para as alegações da defesa.
C Se o Conselho considerar Vargas culpado, o caso vai a votação em plenário, podendo resultar na cassação do deputado.

Fonte: Bem Paraná

Postado 22 abr 2014
, por

ATENÇÃO: Clodoaldo faz ameaça ao Prefeito!

 Observem na postagem de Clodoaldo, ele deixa no ar que pode vir escândalo contra o governo Olizandro e Rui, que será noticia nacional

clo 5De todas as declarações postadas no Facebook pelo vereador licenciado e Secretario de Obras Clodoaldo Pinto Jr, a que mais nos deixa pensativo é a que claramente deixa uma ameaça no ar. Clodoaldo diz que se o prefeito não tomar providencias ele irá mostrar os bastidores do poder e nossa cidade será noticia nacional. Apurando maiores informações com fontes ligadas a Clodoaldo realmente confirmam que o Secretario de Obras tem muita munição contra Olizandro. 

Clodoaldo se demonstra insatisfeito e sem paciência com a atual administração, inclusive chegou a gritar com uma pessoa ligada a Olizandro no restaurante que fica no shopping Araucenter, dezenas de pessoas estavam almoçando e viram a cena deprimente de um governo acabado.

As acusações que Clodoaldo diz ter em mãos devem vir a público, sob pena do próprio Clodoaldo ser participe deste escândalo que pode ser noticia nacional.  

Ministério Público, TCE PR e Câmara Municipal devem convocar Clodoaldo para prestar esclarecimentos ou o próprio Secretario de Obras falar o que sabe e não ficar ameaçando o governo. 

Por parte do prefeito Olizandro depois de todas estás acusações feitas por Clodoaldo, restam dois caminhos:

1- Exonerar o Secretario de Obras;

2- Renunciar ao cargo de prefeito, por ser “frouxo”.

Araucária não merece um prefeito sem comando da situação. Olizandro perdeu a rédia da administração e talvez o melhor caminha seja entregar o cargo por incapacidade de administrar uma cidade tão importante.

Deixe sua opinião sobre este triste episódio para a politica local. 

Postado 21 abr 2014
, por

Caos Araucária: Clodoaldo acusa secretários que moram em Curitiba de olharem para próprio umbigo

clo 4Na semana passada o Secretario de Obras Clodoaldo Pinto Jr fez duras criticas ao governo Olizandro e Rui através do Facebook. Nós copiamos as declarações por considerar que as acusações são sérias e devem ser tomadas medidas por parte do executivo e Câmara Municipal, por se tratarem de acusações de um importante secretario do atual governo e também vereador licenciado. 

Nestas declarações que mostramos agora ele acusa os secretários residentes em Curitiba de não ter comprometimento com Araucária, o secretario Clodoaldo diz que são uns parasitas e estão afundando a cidade. Olizandro está refém deles diz Clodoaldo.

O que será que OlizAndro tem tanto medo de mexer com estas estruturas?

Postado 21 abr 2014
, por